“Entre Nós”

O   7º Tema   do” ENTRE NÓS  “  é   ” DEPRESSÃO ”, será dividido em duas partes e juntamente  conosco , está o profissional 

Dr. Rubens Carlos Martucci  (Psiquiatra).

DEPRESSÃO

A vida  provoca uma imensidão de sentimentos e emoções, fazendo com que a gente  se delicie  de tanto amor e prazer,como também, se  inundar de dor e sofrimento…Tudo faz parte do processo de vida.

Quando somos tomados por situações boas, digerimos com prazer, mas quando somos tomados por situações difíceis, vivemos a sensação contrária desta, conforme a intensidade da situação…Esse é o processo natural e automático, dançamos a música ou vivemos o luto…

A doença DEPRESSÃO, faz com que o indivíduo tenha uma visão de mundo limitada, associada à sensação de falta de saída, desmotivação, sentimento de angústia que se extende pelo tempo como um funcionamento negativo crônico.O universo fica descolorido, muitas vezes NEGRO,dificultando enxergar as formas, para que possa dar o entendimento de si próprio, do outro e do ambiente.

“A tristeza” na depressão, se prolonga,  prejudicando  o curso da vida  em todos seus âmbitos, pois é sentida de uma forma intensa, acompanhada de sentimentos de auto-desvalorização e culpa.

A fadiga, o desânimo, o sentimento de fragilidade e a falta de prazer são companheiros constantes, assim como cognitivamente a alteração da atenção, da concentração e dos processos de pensamento .

O sono  fica alterado,  agitado ou com interrupções, prejudicando assim o indivíduo , por essa razão, pode gerar lentidão, irritabilidade e dificuldades na realização de atividades que antes naturalmente se fazia. A interação social vai se acanhando, preferindo o isolamento , os amigos  vão se afastando por não perceberem ou não saberem da doença e assim se forma um ciclo vicioso .

A alimentação tambem sofre alterações, provocando inapetência ou excessos, principalmente se tiver ansiedade associada; assim como a sexualidade também se altera, pois o interesse sexual e a líbido ficam diminuídas. Dessa forma a vida aos poucos vai perdendo a “graça”.

Essa séria doença, é causada por uma gama de fatores, tanto psicológicos, ambientais, genéticos e sociais. Portanto é preciso ser entendida e tratada em qualquer nível da doença.

A psicoterapia faz-se necessária, assim como a intervenção medicamentosa, para que a pessoa possa voltar a sentir o prazer e o  entusiasmo pela vida. Permitindo-se mais oportunidades de novos caminhos para desbravar a vida com todo o direito devido.

Diferente da depressão, existem os momentos mais leves e mais pesados, comuns a qualquer um de nós. Podendo gerar  tristeza ou alegria, com seus direitos e necessidades da vida  psíquica, e é resposta a essas situações. Como por ex:  Perdas, frustações ou desapontamentos, aí podemos falar da TRISTEZA .

Os sintomas que contornam a TRISTEZA , como desânimo,apatia, falta de energia, sonolência, podem estar  presentes, mas não impedem a realização dos  compromissos estabelecidos pelo indivíduo no curso de sua história.

Ela geralmente é associada a um motivo específico ou a diversos fatores juntos ,e não necessáriamente desencadeia a depressão.

O luto normal de” uma dor”, pode se estender por até 1 a 2 anos ,que se caracteriza por uma profunda tristeza, exacerbação da atividade simpática e inquietude. Nesse quadro a pessoa SOFRE muito, mas preserva certos interesses e participa da vida quando estimulada.

“O bom da vida não é buscar a perfeição, mas saber buscar o bom da vida …e se sentir feliz.”

Abraços e bem vindos!

Equipe Clínica Psicológica M&C

       

Dr. Rubens C. Martucci – Psiquiatra (CRM:18236)

Tel: (17) 9142-1728  -  (17) 3227-2225

DEPRESSÃO -( parte l)

1)  É uma condição psiquiatria crônica que acarreta grandes prejuízos, físicos,funcionais,ocupacionais,sociais,econômicos  alem de interferir sobremaneira na morbidade e mortalidade das pêssoas.

2)   Cêrca de 17% da população experimenta-a durante a vida(21% para o sexo feminino e 13% para o masculino).

3) 50% dos que apresentaram um  episódio depressivo terão outro ao longo da vida.

4)  O tratamento imediato,na fase aguda,resulta em maior chance de cura(cêrca de 60% de cura).

5)   Tratamento incompleto com persistência de sintomas residuais depressivos pode gerar cronificação por toda a vida.

6)  Somente 55% dos depressivos são diagnosticados corretamente e destes apenas 38% são tratados.

7)  Para efeitos terapêuticos, existem as depressões maiores ou unipolares e as depressões bipolares(que fazem parte do transtôrno bipolar).

8 )  A incidência da depressão maior é cerca de 2 vêzes maior nas mulheres que nos homens.

9)   A idade média de maior incidência é aos 40 anos, com 50% dos casos ocorrendo entre 20 e 50 anos.

10) A incidência de depressão maior está aumentan do abaixo dos 20 anos ,provavelmente devido ao uso crescente de drogas ilícitas.

11)  Existem indícios importantes da participação genética  na gênese da depressão maior.

Diagnóstico

A—sintomas e sinais mais importantes e/ou frequentes:

1) humor  deprimido na maior parte do dia,quase todos os dias(sentimento de vazio ou tristeza,choro fácil etc.); em crianças e adolescentes,irritabilidade.

2) acentuada diminuição do interesse ou prazer em todas ou quase todas as atividades na maior parte do tempo,praticam/ todos os dias.

3) perda ou ganho injustificaveis de pêso,sem estar em dieta; diminuição ou aumento sem motivo de apetite;em crianças,incapacidade de obtenção de pêso esperado.

4) alteração do sono(excesso ou irregularidade).

5) não agitação ou retardo psicomotor.

6) fadiga ou perda de energia sem motivo físico aparente.

7) sentimento de inutilidade,culpa excessiva ou inadequação diante do mundo.

8 ) diminuição da capacidade de pensar,concentrar-se,de tomar iniciativas.

9) pensamentos de morte recorrente,ideacão suicida,tentativa(s) de suicídio anteriores.

B—Os sintomas devem ocorrer durante boa parte do dia,quase todos os dias, por cerca de pelo menos 2 semanas.

C—Os sintomas devem ser suficientemente fortes para causar sofrimento ou prejuizo nas diversas atividades da pessôa no dia a dia.

D—Os  sintomas são considerados “puros ou válidos”desde que o paciente não esteja passando por nenhuma doença física ou uso de drogas ilícitas durante a ocorrência dos mesmos.

 Ref. DSM-lV-TR

25 respostas a “Entre Nós”

  1. mara disse:

    Rubens ,obrigada por estar aquí conosco, contribuindo mais uma vez ,com o tema tão amplo que é a DEPRESSÃO.Por essa razão dividiremos em duas partes ,uma nesse momento e a outra no próximo mes.

    Bem ,então vamos trabalhar…bj grande

  2. maria andrade disse:

    Dr Rubens poderia explicar melhor ” :7) Para efeitos terapêuticos, existem as depressões maiores ou unipolares e as depressões bipolares(que fazem parte do transtôrno bipolar).

    Agradeço e forte abço
    Maria

    • RUBENS CARLOS MARTUCCI disse:

      OI MARIA
      A DEPRESSÃO COMUMENTE CHAMADA PELO LEIGO DE “DEPRESSÃO” É A DEPRESSÃO MAIOR OU UNIPOLAR, QUE EXISTE POR SÍ SÓ OU,
      EM CONJUNTO COM OUTRAS DOENÇAS PSIQUIATRICAS(ANSIEDADE,
      TRANST. DE PERSONALIDADE,ETC);A DEPRESSÃO BIPOLAR COMO O PRÓPRIO NOME DIZ,FAZ PARTE DO TRANST. DE HUMOR BIPOLAR E TEMALGUMAS CARACTERISTICAS DIFERENTES DA ANTERIOR. A IMPORTÂNCIA DISTO É QUE O DIAGNÓSTICO DE UMA OU OUTRA
      NOS LEVARÁ A “DOENÇAS DIFERENTES, DE TRATAMENTOS DIFEREN
      TES.
      ABRAÇOS

  3. sandra disse:

    Dr Rubens, gostei bastante da forma que expos a teoria.
    Tenho contato muito estreito com essa doença.
    E quanto ao índice de suicídio ?
    Poderia escrever um pouco a respeito disso?

    obrigada

    sandra

    • RUBENS CARLOS MARTUCCI disse:

      OLÁ SANDRA: ESTE É UM TÓPICO MUITO IMPORTANTE. EM 2010 OCORRERAM 860.000 SUICIDIOS DEVIDO À DEPRESSÃO,ACREDITAN
      DO-SE QUE O NUMERO DE TENTATIVAS SEJA DE 4 A 6 VEZES MAIOR.
      25% DAS TENTATIVAS OBTEM EXITO ; AS TENTATIVAS SÃO 3X MAIS
      FREQUENTES NA MULHER, E OS EXITOS 3X MAIS FREQUENTES NO HOMEM. AS DOENÇAS PSIQUIATRICAS MAIS ASSOCIADAS AO SUICIDIO
      SÃO PELA ORDEM ;DEPRESSÃO, ALCOOL, ESQUIZOFRENIA,TRANTOR-
      NOS DE PERSONALIDADE ETC.
      É ESSENCIAL PARA O PSIQUIATRA ACOLHER,IDENTIFICAR E PROTEGER DE RISCOS O POTENCIAL SUICIDA.

      ABRAÇOS

  4. ofelia disse:

    Tenho depressão,e me odeio por isso.
    Gostaria de me livrar desse mal.É insuportável.
    Tomo medicação ,mas sinto que não me ajuda.
    Não consigo curtir a vida com alegria.

    abraço

    • mara disse:

      Ofélia ,é importante separar a doença de voce.A depressão é uma parte e não voce.Concordo que quando está deprimida, se sinta muito mal,insuportável…mas é necessário um bom controle medicamentoso e
      terapêutico,para que possa se equilibrar orgânica e psicológicamente.
      Dessa forma poderá viver a vida com mais alegria.

      grande abço

  5. Flávia Carnielli disse:

    Dr Rubens,
    Obrigada por mais uma participação “Entre Nós”.
    O tema da depressão é tão falado e ainda assim pouco compreendido… Acho importantíssima a discussão para mostrar os diferentes lados dessa doença e para que todos possamos refletir sobre algo que ainda gera duvidas e julgamentos.
    Um abraço,
    Flávia.

    • RUBENS CARLOS MARTUCCI disse:

      FLAVIA,TODA A RAZÃO A VOCÊ. OS DIAGNÓSTICOS ERRÔNEOS, A VULGARIZAÇÀO E A IMCOMPREENSÃO PELOS LEIGOS TEM SIDO ALGU
      MAS DAS CAUSAS DA CRONIFICAÇÃO , RECORRÊNCIA E MORBIDADE DA DOENÇA.

      ATÉ

  6. MM disse:

    E a depressão em crianças?Pode explicar como seria?

    Parabens a voces todos e pela escolha do tema.

    abraço MM

    • RUBENS CARLOS MARTUCCI disse:

      MM, O TEMA É EXTENSO,DELICADO,DIFICIL E APAIXONANTE. MUITAS
      DAS CARACTERISTICAS SÀO IGUAIS ÀS DOS ADULTOS. ALGUMAS OBSERVAÇOÈS: OS SINTOMAS VARIAM COM A IDADE E MATURAÇÃO
      DA CRIANÇA; ASSIM, NAS MENORES PREDOMINAM ALUCINAÇÕES AU
      DITIVAS CONGRUENTES COM O HUMOR, QUEIXAS VARIAS DE ÏNCOMODOS ,DÔRES,DESCONFORTOS FISICOS,ETC”,TRISTEZA,BAIXA
      AUTO ESTIMA. jÁ NAS MAIORES E ADOLESCÊNTES, OS SINTOMAS PÊRDA DE PRAZER PARA TUDO( ANEDONIA),RETARDO PSICOMOTOR,
      DESESPERANÇA,DELIRIOS E OUTROS.
      SINTOMAS QUE APARECEM INDEPENDENTE DA IDADE E ESTAGIO DO
      DESENVOLVIMENTO SÃO IDEAÇÃO SUICIDA,IRITAÇÃO,BAIXA CAPACIDADE DE CONCENTRAÇÀO E INSÔNIA.
      MAIS DE 12000 CRIANÇAS E ADOLESCÊNTES SÃO INTERNADOS POR
      ANO NOS EUA POR TENTATIVA DE SUICIDIO,MAS O SUCESSO É RARO
      EM MENORES DE 12 ANOS.
      É FUDAMENTAL UMA AVALIAÇÀO DUM PSIQUIATRA INFANTIL

      ABRAÇOS

  7. marta disse:

    Muito interessante o tema .
    Ganhei mais informações.
    Obrigada

    marta

  8. Ruy disse:

    a depressão é minha companheira há anos. Já tentei tratá-la de diversas formas, mas a opção com lexapro associado a psicoterapia foi a mais eficaz.
    Muito boa a leitura

  9. Carolina Viana disse:

    Sei qe tenho depressão, sinto uma tristeza profunda, falta de apetite, meu sono é comprometido e eu não tenho vontade de fazer quase nada.
    Estou pensando em visitar um psiquiatra, tenho medo de me medicar e ficar viciada!

    • mara disse:

      Carolina ,é para ter medo sim,pois não seria nada interessante se auto medicar e se diagnosticar .
      Um psiquiatra ou uma psicoterapêuta irá ajudá-la sim.

      bj

  10. clara disse:

    Muito bom o tema ,me ajudou muito.
    Obrigada

    Clara

  11. andréa disse:

    Não sei bem se me sinto uma pessoa triste ,ou se sou deprimida.
    Podem me explicar melhor?
    Andréa

    obrigada

    • RUBENS CARLOS MARTUCCI disse:

      ANDREA: A TRISTEZA “NORMAL”,REATIVA A CHOQUES,PERDAS,LUTOS
      ETC, É SALUTAR E DEVE SER NATURALM/ ELIMINADA. A TRISTEZA DA
      DEPRESSÃO É DIFERENTE,DURADOURA,RESISTENTE,RECIDIVANTE,
      CAUSADORA DE ENORMES PREJUIZOS FUNCIONAIS E NA VIDA.
      EM DUVIDA, PROCURE O SEU PSIQUIATRA.

      ABRAÇOS

  12. Thais Santos disse:

    Muito esclarecedor os textos,contendo uma liguagem simples e profunda.

    obrigada à todos

    Thaís

  13. Claudia disse:

    A perda de memória ,pode ser da doença?
    Sou depressiva e cada vez mais ,sinto minha memória horrível.
    Pode ser a razão maior?

    abço

  14. mara disse:

    Claudia ,pode ser sim , pois como ocorre uma diminuição da capacidade de pensar,concentrar-se,de tomar iniciativas e o sono fica muito alterado, a memória fica alterada tambem, existindo um eterno cansaço…
    Mas seria interessante fazer com um profissional de sua confiança ,uma boa análise.

    abço tambem

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*